Compartilhe este artigo:

Formulários, apontamentos, arquivos eletrônicos, planilhas e documentos chegam a mesa do gestor industrial, apresentando os números e ocorrências das diversas áreas do chão de fábrica.

E o que fazer com tantos dados?

Normalmente, o gestor direciona a atenção para pontos críticos que geraram quebra ou algum desvio de qualidade que será abordado e exigirá um plano de ação. Muitos dados acabam não recebendo a devida atenção por exigirem tempo e tratamento para se tornarem úteis. Muitas informações relevantes deixam de ser oferecidas ao gestor e muitas oportunidades de correção e melhoria deixam de ser aplicadas nas linhas de produção.

Neste post iremos abordar a importância de transformar estes dados em informações que tenham real utilidade ao gestor, usando a tecnologia como um forte aliado. Continue lendo!

Os diversos setores da área de produção

São muitos os setores e as tarefas envolvidas no processo de chão de fábrica, e para controle destes processos são implantados documentos (físicos ou eletrônicos) para o registro e documentação de todas as etapas chave do processo.

Estes controles, por exemplo, envolvem a entrada da matéria-prima, o registro de pontos críticos de controle, paradas de produção, apontamentos de qualidade até a finalização da produção.

Esses dados, nesse formato, pouco ajudam na identificação de algum problema, pois são dados estanques e isolados que não colaboram com a gestão. Em um cenário de investigação de problema, auditoria ou manutenção planejada não há informações consistentes e rapidamente acessíveis para o seu devido uso.

Os-diversos-setores-da-area-de-producao

Os cenários de registro de dados

Tipicamente é possível aplicar a tecnologia para que o papel e caneta ceda espaço para os registros digitais. Pode surgir o questionamento: muitos dados anotados não advém de sistemas de controle, como fazer o registro digital?

Essa migração idealmente realizada da coleta automática de instrumentos e sensores, também poderá ser feita de registros realizados pelo operador. Porém ao invés do papel e caneta, será utilizado um computador, tablet ou smartphone. Todo o fluxo de trabalho, pode ser criado de forma digital: formulários, aprovações, etapas integradas entre departamentos, recebimento de ordens de produção, envio de relatórios e alertas de pontos críticos de controle.

As vantagens do registro

Além de eliminar potenciais de contaminação, o uso de dispositivos como tablets enriquece a interação com o operador e o gestor: no momento do registro, o operador já pode ser informado se um dado valor está fora da especificação e o gestor pode ser notificado do desvio automaticamente. As etapas e tarefas executadas e pendentes poderão ser executadas em tempo real. Ineficiências operacionais, sobrecarga de atividades e outros fatores poderão ser avaliados pelo gestor.

Além disso, uma base histórica passa a ser construída e permite a consulta, quando necessário, de forma rápida e prática da linha, processo e período a ser analisado.

As-vantagens-do-registro

Os cuidados na migração do papel para o digital

Nessa fase de otimização dos processos é comum vermos cada departamento buscando uma solução específica para sua área: uma plataforma para as gestão de qualidade, outra para controle laboratorial, gerenciamento de eficiência, boas práticas de fabricação, etc. O problema é que uma plataforma não conversa com a outra: formam-se ilhas digitais entre os departamentos que cria um enorme desafio de gerenciamento e integração desses ativos para a troca de dados. Fabricantes diferentes, com contratos de suportes independentes, padrões diferentes que dificultam a gestão e elevam os custos de manutenção dos sistemas.

É relevante que esse estudo de migração analise em conjunto as necessidades das diversas áreas e busque uma solução única e integrada, com interoperabilidade entre o chão de fábrica e o ERP. A médio e longo prazo essa solução trará um custo mais atraente e exigirá menos energia da equipe de TI para gerenciar esses ativos. A visão entre os indicadores dos departamentos será mais clara, integrada e escalável.

Se você considera importante e reconhece o valor real da tecnologia de gestão na indústria e deseja conhecer mais a respeito, acesse nosso site e saiba como automatizar os seus processos!

(imagens: divulgação)